Devo ter um blog no Web Site da minha Clínica? - Constant Circle
709
post-template-default,single,single-post,postid-709,single-format-standard,qode-listing-1.0.1,qode-social-login-1.0,qode-news-1.0,qode-quick-links-1.0,qode-restaurant-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-12.1.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.4,vc_responsive

Devo ter um blog no Web Site da minha Clínica?

O universo da internet é vasto e garante grande visibilidade e uma maior proximidade entre as empresas e os seus potenciais clientes. Uma clínica também beneficia das inúmeras vantagens de estar presente na web. 

Hoje em dia, todas as clínicas (ou quase todas) possuem um site institucional e formal, onde se apresentam ao mundo digital. Contudo, nem todas as clínicas partilham no seu site um blog, embora essa seja uma forma de estreitar laços com os pacientes e ainda angariar novos.

Devo ter um blog no web site da minha clínica?

Pertinência dos Blogs

Partilhar um blog no site da sua clínica pode revelar-se uma estratégia fundamental. É uma ferramenta indispensável na comunicação de uma clínica moderna e ambiciosa, pois permite a partilha de diversos conteúdos que demonstram que os pacientes são importantes para a clínica. 

Partilhar textos com informações relevantes, fotos ilustrativas de temáticas pertinentes ou de procedimentos clínicos ou mesmo vídeos revela grande generosidade da clínica em fornecer conteúdos de interesse e em dar a conhecer o seu trabalho. Os blogs podem funcionar como uma espécie de diário virtual da clínica.

Linguagem

O que distingue o site profissional da clínica de um blog é a linguagem. Se se pretende maior visibilidade no meio digital, com uma maior interação com o  público-alvo, então o blog pode ser a melhor solução. 

Se no sítio da clínica a linguagem é mais formal e prática, no blog pode apostar-se numa linguagem mais informal e mais emotiva, criando uma maior proximidade com as pessoas. O conteúdo publicado é bem distinto; é mais direto e mais claro. 

Se o site possui um conteúdo com informações mais técnicas e específicas, numa estrutura mais estática; no blog, há outro dinamismo, com publicações constantes, fomentando uma maior proximidade, fidelizando pacientes atuais, assim como angariando novos, conquistados pelos conteúdos publicados.

Profissionais de Saúde

Por vezes, distingue-se uma empresa comum que vende produtos, por exemplos, de uma empresa ligadas à área da saúde. Naturalmente, há muitas diferenças, mas também há semelhanças, pois parte do caminho para o sucesso, para o progresso e para a prosperidade é idêntico.

Um blog representa uma ferramenta super útil de marketing médico digital para clínicas e profissionais de saúde. É um espaço de publicação regular que permite uma maior proximidade com as pessoas, através do qual pode haver uma partilha de informações, dicas, sugestões e experiências. 

Pesquisas Devo ter um blog no web site da minha clínica?

É comum as pessoas realizarem pesquisas no Google (ou outro motor de busca) acerca dos sintomas de algumas doenças. Também procuram sobre a prevenção de determinadas doenças. 

Se as pessoas realizarem esse tipo de busca e se depararem com o blogue da sua clínica, facilmente chegarão à conclusão de que a clínica se estabeleceu como uma autoridade no assunto. Assim, nesse momento ou futuramente, seguirão com todo o interesse o conteúdo disponível no blog da clínica, alargando o seu interesse por outros artigos e materiais disponibilizados no blog e pela clínica em si.

Credibilidade

Deste modo, o blog da sua clínica contribui para algo extremamente útil: a credibilidade. Algo determinante e que gera grande influência na hora de decidir a que clínica se deslocar num momento em que é necessário solucionar algum problema de saúde.

Espaço de Ajuda

O blog deve ser útil e ter como objetivo ajudar. Ser fácil e intuitivo, de forma a prestar um precioso auxílio num momento de necessidade. A produção dos artigos deve ser pensada e atual de modo a ser relevante para o público alvo. 

Por exemplo, na área da geriatria, os conteúdos devem centrar-se em sintomas e tratamentos de doenças frequentes nessa faixa etária, nomeadamente: Como tratar a hipertensão arterial? O que é a diabetes? Quando devo fazer uma avaliação da osteoporose? Que exames devo fazer para saber se tenho osteoporose?

Vantagens do Blog para a sua Clínica
  • Dá maior visibilidade e reconhecimento na internet.
  • Torna a sua clínica numa autoridade na área.
  • Permite um melhor posicionamento nos motores de busca.
  • Ajuda a atrair potenciais clientes.
  • Cria uma relação de confiança e fidelização.
  • Responde de forma célere a dúvidas e questões dos pacientes.
  • Instrui o paciente.
  • Atrai novos pacientes.
  • Fideliza a carteira de pacientes. 
  • Gera público para potenciar em marketing. 

 

Apoio

Esta é uma estratégia de marketing de conteúdo que necessita de diversos conhecimentos para ser eficaz. De forma a conseguir alavancar o negócio da sua clínica pode e deve contar com pessoas devidamente qualificadas nas áreas da saúde e do marketing. 

Criar um blog médico é uma tarefa árdua, que necessita de aliar uma estrutura visual agradável a conteúdos relevantes e pertinentes, realizados de forma acessível e que permitam uma fácil interação. Contratar uma agência de marketing especializada na área da saúde pode revelar-se uma aposta acertada, pois não só presta auxílio na criação do blog, como também oferece uma estratégia com conhecimentos, contribuindo com a criação de conteúdo de qualidade inquestionável. 

A Constant Circle pode ser o seu parceiro de aventura, prestando um serviço direcionado para os resultados, que identifica lacunas e propõe soluções para os problemas que vão surgindo. Se pretende criar um blog credível e tem a ambição de fazer crescer o seu negócio, então confie nos conhecimentos da Constant Circle e faça da sua clínica uma autoridade na área da saúde.

Temos uma equipa de profissionais em marketing digital que o vai ajudar com o seu próximo projeto. Contacte-nos!

Nome

Email

Mensagem