Saiba como o Chatbot pode aumentar o volume das Primeiras Consultas!
905
post-template-default,single,single-post,postid-905,single-format-standard,qode-listing-1.0.1,qode-social-login-1.0,qode-news-1.0,qode-quick-links-1.0,qode-restaurant-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-12.1.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.4,vc_responsive

Saiba como o Chatbot pode aumentar o volume das Primeiras Consultas

Muitas vezes, encontramos o termo chatbot, mas nem todos sabem o significado da palavra… 

Sabe o que é o chatbot? Quer saber como ele funciona? Depois de saber mais sobre ele, vai querer criar o seu! 

Ele pode contribuir para um aumento do volume de consultas da sua clínica de saúde ou do seu consultório. Sabia disso? 

chatbot
O que é o chabot?

O chatbot é um termo conhecido do grande público, mas grande parte das pessoas desconhecem que se trata de um programa de computador, tendo sido programado para simular conversas pela internet. 

O chatbot atua como se fosse um ser humano e graças à sua inteligência artificial, ele consegue responder a diferentes perguntas. Ele pode ajudar clínicas e consultórios, porque permite que o atendimento seja acelerado, levando a uma redução de custos, além de contribuir para uma maior eficiência e uma melhoria no relacionamento da clínica/consultório com o cliente/paciente. 

Origem do chatbot

A palavra chatbot surge da junção dos termos chatter (pessoa que conversa) e bot (abreviatura de robot). 

No ano de 1994, Michael Loren Mauldin criou um chatbot ao qual foi dado o nome de Julia. Anteriormente, mais precisamente em 1966, já o famoso laboratório de inteligência artificial do MIT tinha criado um programa de processamento de linguagem natural chamado Eliza. 

Joseph Weizenbaum foi o criador desse primeiro chatbot, visando demonstrar como a comunicação com as máquinas era superficial. Porém, com o avançar da tecnologia, ganhou uma capacidade maior, sendo surpreendente a atual capacidade de resposta destes chatbots.

Utilidade

Assim, chatbot pode ser tudo o que necessita, nomeadamente se o cliente deseja respostas rápidas e inteligentes. Estes chatbots são verdadeiras máquinas de diálogo, que melhoram a comunicação da entidade com os respetivos clientes, levando a que surjam mais leads, permitindo ainda que não se tenham custos desnecessários. 

Como funciona o chatbot

O chatbot é bastante usado em aplicativos de mensagens e chats virtuais, consistindo num robot que simula diálogos com pessoas na internet. Dotado de inteligência artificial, este tipo de programa permite a programação de um amplo repertório de respostas automáticas. 

Contudo, a sua interação é tão natural que nem se percebe que se está a interagir com um chatbot. A sensação que se tem é a de se estar a falar com outra pessoa. Os chatbots contêm uma série de dados, processam a linguagem natural humana e, com base no conhecimento dos dados que têm, eles identificam uma resposta coerente para dar ao cliente. 

As suas capacidades estão limitadas, dependendo de diversos fatores. A complexidade do software usado na inteligência artificial pode permitir ao bot ampliar o seu repertório, podendo ter a capacidade de aprimorar continuamente as suas interações. O funcionamento dos bots consiste em processar o texto enviado e concede uma resposta coerente, realizada a partir dos dados que tem à disposição. 

Vantagens
  • Fazem o atendimento geral dos clientes.
  • Permitem automatizar processos de venda, reserva e suporte.
  • Cumprem com determinadas tarefas.
  • Ajudam a organizar informações relevantes.
  • Permitem um atendimento 24/7, ao longo de todo o dia, todos os dias da semana. 
  • Podem atender pessoas em todos os canais (Facebook Messenger, Skype, SMS ou outro).
  • Ajudam no momento da compra ou de finalizar uma consulta.
  • Respondem a questões no momento, em tempo real, independentemente da hora. 
  • Demonstram capacidade de criar empatia com diferentes perfis de público.
  • Demonstram capacidade de aprendizagem, usando Deep Learning.
  • Conseguem entender a comunicação humana, mesmo com erros de português.
  • Ajudam a fidelizar o cliente/paciente.
  • Ajudam a melhorar os processos internos
  • Ajudam a fortalecer a marca no serviço pós-venda ou pós-consulta.
  • Além de esclarecerem dúvidas, recolhem dados importantes sobre as pessoas.
  • Geram leads com facilidade, orientando as pessoas para o destino adequado. 
  • Apresentam conteúdos exclusivos.
  • Apresentam promoções. 
  • Ajudam a agendar consultas.
  • Garantem uma redução de custos.
  • Podem ser personalizados, adotando um estilo mais formal ou mais descontraído.
  • Podem ajudar a aumentar as visitas ao site, blog, redes sociais. 

 

Para implantar um chatbot, deve ter em conta 5 questões:
  1. Em qual plataforma será o bot implantado? 

Ele pode ser usado em diferentes plataformas. Pode ser Facebook Messenger, site, blog, entre outras. É importante saber definir onde será enquadrado. 

  1. Qual o perfil do público atendido?

Qual será o perfil do bot, o tipo de linguagem (mais descontraído ou mais formal). Quais os conhecimentos que serão partilhados, que respostas serão dadas para diferentes questões. 

É importante perceber-se quais serão as diversas questões e as diversas respostas que podem ser dadas. Convém, por isso, ter cada assunto bem dividido, devendo ainda perceber-se os diferentes caminhos que poderão ser percorridos por cada cliente. 

  1. Qual o objetivo do chatbot?

O bot deve ter bem definido o seu objetivo. Pode ser apenas um atendimento geral; pode visar gerar leads; recolher informação preciosa; reservar determinados serviços; pode ainda ser vender produtos; ou, simplesmente, assegurar a marcação de consultas. 

  1. Quais as funções que o bot precisa de oferecer?

É importante que se saibam bem quais as funções que o bot tem. Convém encontrar um bom parceiro, com conhecimentos que ajudem a tornar o bot o mais eficiente possível. 

  1. Qual ferramenta será utilizada para criar o bot?

Existem diferentes ferramentas que podem ser usadas na criação de bots. Sabia que o próprio Facebook Messenger coloca à disposição um tutorial bastante completo sobre como criar o próprio bot em menos de 10 minutos (mas convém que haja conhecimentos em programação e design)? 

Através do lançamento do WhatsApp Business API, também é possível integrar os seus bots no WhatsApp.

Ferramentas de chatbot que deve conhecer

Drift – plataforma de marketing conversacional que tem no chatbot a sua principal ferramenta. O bot pode ser criado de modo rápido e intuitivo, tendo um plano gratuito individual. Para bots mais complexos, há valores envolvidos.

Chatfuel – é uma das soluções para criar chatbots no Facebook Messenger.

Manychat – é outra solução que se centra na criação de chatbots para o Facebook Messenger, havendo o serviço simples que é gratuito e o serviço Pro que é pago.

Globalbot – esta é outra solução possível que permite combinar chatbots ao atendimento humano, em diferentes canais (Facebook Messenger, site, WhatsApp, etc.). Esta opção não tem uma versão gratuita, existindo apenas os planos Professional, Advanced e Enterprise, com preços distintos para cada serviço.

O parceiro

Para qualquer clínica ou consultório ter sucesso, convém dar passos seguros e orientados na direção certa. É sensato encontrar o parceiro de marketing digital adequado que permita estabelecer com critério um chatbot mais eficaz. 

Uma entidade que se revele especialista em marketing pode não bastar… É importante que o parceiro tenha ainda know-how na área da saúde.  

Para que a sua clínica ou consultório tenha sucesso, é importante contar com os serviços de uma empresa como a Constant Circle. Esta empresa alia conhecimentos e experiência em marketing digital a conhecimento consolidado na área da saúde. Pode, assim, revelar-se um parceiro digital de excelência, seja para implantar o chatbot, seja para qualquer outra estratégia digital.

Temos uma equipa de profissionais em marketing digital que o vai ajudar com o seu próximo projeto. Contacte-nos!

Nome

Email

Mensagem